A ROMÃ, MAIS ANTIGA DO QUE VOCÊ IMAGINA !

 E aí minha gente, tudo bem com vocês?. Eu andei sumida que só, mas estava cheia de saudade viu?. Estou de volta, afiadinha pra trazer um novo artigo pra vocês, e torcer que vocês gostem. 
Vamo simbora?.

  Hoje eu vim falar de um pé de fruta, que particularmente falando, fez parte da minha infância na casa da minha avô, onde a mesma me passou tudo que ela sabia sobre esse fruto, ela fazia chá, fazia doce, comia,.. ela tirada do pé na hora, e dizia as propriedades que ela tinha, conhecimento esse que foi passado de geração a geração. Que fruto é esse?. O pé de Romã, a famosa Romãzeira. Bora conhecer?.



                           
 
      A Romã, fruto da romãzeira que tem nome cientifico de PINUCA GRANATUM tem esse nome em referencia ao formato do fruto que parece uma '' granada''. Pequena árvore ou arbusto, também muito usado como cerca viva, aqui em Vitoria  de Santo Antão e em outros locais.
Ela é caducifólio, (ou seja, ela perde grande parte da sua folhagem em determinada época do ano, aqui é na estação de seca.) pode atingir até 2-7 metros de altura, de folha caduca. A raiz é superficial e pode alcançar grandes distâncias. As folhas são opostas e lisas com pecíolos curtos. Os frutos têm a forma globosa, casca coriácea, vermelha ou vermelha-amarelada, com inúmeras sementes angulosas cobertas com uma pequena camada de polpa de cor avermelhada ou rosa ligeiramente transparente.
       As flores são hermafroditas ( têm os dois sexos ), aparecem nos ramos do ano e florescem de abril a julho. Dá uma olhada em como são lindas




VOCÊ SABIA?

 

       A Romã é um dos frutos onde o cultivo e consumo vem desde a antiguidade. Originaria da Pérsia foi muito distribuída também no Oriente Médio e na Asia menor, e a fruta já era domesticada no Irã por volta de 2000 a.C. A importância da romã minha gente, é milenar, aparece nos textos bíblicos, está associada também ás paixões e á fecundidade, os gregos inclusive, às consideravam como simbolo do amor e foi uma fruta consagrada por eles à deusa Afrodite, pois acreditava em seus poderes afrodisíacos . E não acaba por ai não viu? . Era também cultivada e adorada pelos povos fenícios, romanos, e no museu em Berlim sobre o Egito, podemos encontra-lá em pinturas em um dos túmulos de Ramsés IV da época da 18° dinastia egípcia que datam de 1470 a.C, considerada por eles nas cerimonias e nos cultos como simbolo de ordem e riqueza. Arretada né?!
Mas, como elas chegaram aqui?
        Então, com essa fama toda né, muitos países no decorrer do tempo começaram a cultivar e comercializar. São famosas as romãs na Provença, de Malta da Espanha, na Itália, Inglaterra, o seu cultivo é realizado em mais de 100 países no mundo. Dos países do Mediterrâneo, atravessou o atlântico e acabou aportando no Brasil. No nosso pais, ela veio de inicio como uma iguaria, mas logo começamos a plantar também, e aqui principalmente no Nordeste essa planta encontrou todas as condições favoráveis para um crescimento vegetativo, florescimento, frutificação e produção de frutos de qualidade.



         PROPRIEDADES MEDICINAIS





  
     A romã é uma planta onde seu fruto é muito usado pra suco, doces, mas ela é muito mais além disso viu, o fato mais forte das suas qualidades, são seus efeitos medicinais. O seu ingrediente mais famoso, ativo e funcional é o acido elágico que é um composto  fenólico responsável por diversas atividades biológicas, tais como antioxidante e potente no combate contra células cancerígenas, também ajuda na prevenção do Alzheimer. Ela também é riquíssima em Vitamina C, Vitamina K, potássio, proteína e fibras, além de possuir ação anti-flamatória. Elas também diminui a pressão arterial, melhora casos de pacientes com problemas renais, ajuda no tratamento de câncer de próstata e mama, proteção contra a placa bacteriana e a gengivite, ajuda a manter bons níveis de colesterol, e ainda serve para ajudar no crescimento de unhas, cabelos, e muito mais viu!








Bom minha gente por hoje é só viu?
Espero que tenham gostado, eu adoreeeeeei escrever sobre a Romã, aprendi muito, foi muito bom compartilhar esse conhecimento com vocês viu. Vou deixar uns links para quem quiser saber mais das propriedades, e vou deixar uma receitinha do chá e de uma saladinha com Romã viu?!
Deixa teu comentário, e compartilha com os amigos visse? Xero! 

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tanajura (as Formigas Agricultoras)

IPOMOEA CAIRICA, MAIS CONHECIDA COMO FLOR DE JITIRANA !

A GRALHA - CANCÃ