Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2021

Marco Legal do Saneamento completa um ano

Imagem
 Desde a sanção do Marco legal, foram realizados quatro leilões para concessão de serviços de saneamento. Lei prevê a universalização dos serviços de saneamento básico até 2033 O novo Marco Legal do Saneamento completou, nesta quinta-feira (15), um ano desde a sua sanção pelo Presidente Jair Bolsonaro. A meta do Governo Federal é alcançar a universalização dos serviços de saneamento básico até 2033, garantindo que 99% da população brasileira tenha acesso à água potável e 90%, ao tratamento e à coleta de esgoto. Foram definidas, também, regras voltadas para drenagem urbana e manejo de resíduos sólidos urbanos. Desde então, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) trabalha para criar um ambiente de segurança jurídica, competitividade e sustentabilidade, a fim de atrair novos investimentos para universalizar e qualificar a prestação dos serviços no setor. O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, salienta a importância da aplicação de capital privado no setor. “A capa

VAMOS DEBATER SOBRE SANEAMENTO BÁSICO?

Imagem
Você sabia que a COMPESA tem um  Contrato de Concessão e Convênio de Cooperação há 50 anos com Prefeitura da Vitória e termina em 2022? O Novo Marco do Saneamento foi sancionado em 15 de julho de 2020 pelo presidente Bolsonaro, será que vai melhorar o saneamento dos municípios brasileiros? A expectativa é que a universalização dos serviços de água e esgoto reduza em até R$ 1,45 bilhão os custos anuais com saúde, segundo dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Além disso, a cada R$ 1 investido em saneamento, deverá ser gerada economia de R$ 4 com a prevenção de doenças causadas pela falta do serviço, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Um ano após a sansão presidencial da nova lei para universalização do saneamento básico ( link ) ao menos em Vitória de Santo Antão ainda não temos nada de novo. No ano de 2013 o blog A Voz da Vitória ( link matéria ) fez uma reportagem que tratava do contrato da COMPESA com o município, assinado pelo ex-prefeito José Augusto Fe

Em Vitória de Santo Antão, Túlio Gadêlha acompanha obras dos novos leitos da Apami e o “berço da reforma agrária”

Imagem
   A 46km da capital pernambucana, Vitória de Santo Antão, no Agreste pernambucano, foi um dos destinos do deputado federal Túlio Gadêlha (PDT) na tarde desta quinta-feira (01). O pedetista visitou Associação de Proteção a Maternidade e a Infância (APAMI) de Vitória, acompanhado pelo vereador André de Carvalho (PDT). A instituição Filantrópica foi contemplada com R$ 500 mil dos recursos das emendas participativas do mandato. “Vitória é uma cidade que tem poucos leitos de UTI para o tamanho do município, são apenas 20. O recurso das emendas chegou para reforçar com mais 10 leitos, que servirá para atender via SUS, principalmente, a população mais carente”, explicou o deputado. A vinda de Túlio Gadêlha aqui para a cidade revela um olhar atencioso do deputado para os projetos aos quais destina suas emendas. É raro ver um deputado federal se preocupar em visitar os locais aos quais envia verba. Visitar a maternidade do município foi um grande gesto para nossa cidade, que é muito sofrida qu